Horário de verão: O que fazer para o seu relógio biológico não sofrer com as alterações

Por /
18 outubro, 2017

Os anos passam e eu continuo vendo várias pessoas discutindo por aí sobre o horário de verão. É bom? É ruim? Vale a pena? São diversas opiniões! Mas uma coisa não dá para negar: os primeiros dias são bem complicados.

Então, para ajudar, separei algumas dicas minhas para o nosso relógio biológico não sofrer tanto com a mudança de horário.

Vem dar uma olhada!

Horário de verão

Não tem como negar, o nosso relógio biológico sofre com a mudança súbita. Mesmo sendo só uma horinha de diferença, nosso corpo precisa se acostumar, afinal, agora a gente acorda “mais cedo” e para muita gente, ainda está tudo escuro no começo do dia. Mas por outro lado, voltamos para casa às 19h, com o dia ainda claro. Nosso organismo fica meio perdidinho, mesmo.

E para nos adaptarmos ao novo horários, levamos mais ou menos, umas duas semanas, sabia? Então, se não nos cuidarmos, só nos resta cansaço e indisposição.

Mas eu sei exatamente como fazer para evitar isso, afinal de contas, ninguém merece passar metade do mês exausto, né?!

Vem comigo e veja as minhas dicas que separei por aqui para o horário de verão não afetar o seu relógio biológico:

Cuide do seu sono

O grande problema com o horário de verão está no quanto ele atrapalha o sono. No primeiro dia, é quase impossível que alguém realmente vá dormir uma hora mais cedo, então, é natural que essa hora seja perdida. Mas, nos dias seguintes, por que então o cansaço continua?

Além da “desordem temporal interna” (como os médicos chamam), há a questão do hormônio melatonina. A melatonina altera o metabolismo e é acionada pela falta de luz, então, ao acordar e não ver nenhuma luz entrando pelas janelas, nós não acordamos de verdade.

A dica é, tentar reequilibrar seu sono com uma rotina. Para conseguir dormir mais cedo, evite bebidas como café e energéticos algumas horas antes de deitar, evite também comidas pesadas e deixe o quarto o mais escuro possível.

Não pare de se exercitar

É normal que você se sinta mais indisposto para as atividades físicas nesse período, mas não desista! Acredite em mim, os exercícios serão os seus melhores amigos, principalmente agora.

Além de te deixarem mais cansado no fim do dia (e, assim, mais próximo de conseguir dormir cedo), eles ajudam na produção de hormônios e regulam o seu corpo mais rápido.

Coma bem

Apesar de não haver uma dieta específica para ajudar a adaptação do relógio biológico, algumas orientações são boas de se seguir. Evite comidas gordurosas e processadas e aposte nas frutas e saladas cruas. Isso não significa dietas restritivas, são apenas minhas dicas, certo?

Além disso, como já falei, tente não comer nada muito pesado no fim do dia. Já ao longo do dia, tente não passar muito tempo sem ingerir nada, para evitar a hipoglicemia. Ah, a cafeína também não é tão boa, já que é muito aceleradora e pode aumentar os riscos de compulsão alimentar.

Hidrate-se

Beba muito líquido! Isso não diz respeito apenas ao horário de verão, mas ao verão em si. O tempo está quente e seco e seu corpo já está desregulado; daí para ele ficar fraco e desidratado, é um pulo. Beba bastante água, água aromatizada, chá e outros líquidos saudáveis. Sempre recomendo por aqui, pelo menos 2L por dia, ok?!

Vamos nos cuidar?!

Beijos beijos!

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *