Cuidados que se deve tomar antes de treinar sozinha

Por /
4 maio, 2017

Com a falta de tempo, compromissos, locomoção, falta de dinheiro e entre outros motivos, muita gente acaba optando por treinar sozinha. Mas antes de começar, é preciso tomar alguns cuidado básicos.

Saiba quais são eles!

Como na semana passada, dei minhas dicas de alguns aplicativos fitness, hoje decidi separar alguns cuidados básicos, para quem vai começar a treinar sozinha, veja só:

Avaliação médica

A avaliação médica é essencial, mesmo quando o treino é feito com ajuda de um personal. Isso porquê, essa avaliação irá dizer se você tem algum problema de saúde, seja no coração, com diabetes e até com as articulações.

E então, a partir dela, você saberá quais exercícios precisa fazer em mais quantidade e quais você precisa evitar.

Nunca pule o aquecimento

Esse item também independe se você está sozinha ou com um treinador, também pouco importa se você já pratica exercícios físicos há algum tempo, o aquecimento é essencial em qualquer tipo de treino, seja para a saúde quanto para o rendimento.

É ele que vai dizer para o sistema muscular que estamos começando a nos exercitar, aquecendo a temperatura, aumentando a frequência do coração consequentemente fazendo com que mais sangue seja bombeado, transportando mais oxigênio e nutrientes para os músculos.

Dificulte gradualmente

Depois de consultar um educador físico, comece os seus exercícios de uma maneira confortável e só dificulte com o tempo e com ganho de experiências e condicionamento físico. Caso contrário, além de muitas dores, o exercício pode não fazer efeito nenhum.

Escolha roupas adequadas

As roupas para praticar exercícios devem ser confortáveis, leves e próprias, tudo isso para ajudar com a movimentação das articulações e evaporar todo o suor que liberamos, para mantermos a temperatura do corpo adequeada.

Fique de olho nas dores

Descansar o músculos é essencial, tanto para o corpo quanto para o aumento da massa muscular, principalmente quando estamos sentindo dores fora do normal. Precisamos sempre saber a hora de parar, pois se houver exageros, as chances de lesões são grandes.

Quando as dores se agravarem, procure um médico, para que ele te oriente do que é necessário fazer. Além disso, fique de olho também em sua respiração e ritmo cardíaco, se houver palpitações e falta de ar, procure um profissional novamente.

Vamos ficar mais de olho?

Beijos!!!

Tags:

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *