Alguns mitos fitness que você não sabia!

Por /
25 maio, 2017

Quando o assunto é sobre exercícios físicos, vivemos ouvindo teorias por todas as partes. Uma dica ali, outra completamente diferente aqui, e acabamos ficando sempre na dúvida do que é verdade ou não. Pensando nisso, trouxe alguns mitos fitness que você ainda não sabia.

Veja só!

mitos sobres fitness

É importante não acreditarmos em tudo que ouvimos ou lemos, principalmente quando o assunto é saúde. Há muitos mitos ditos, que por acreditarmos, acabam atrapalhando o nosso desempenho e até nos fazendo mal.

Veja alguns deles:

Abdominais secam a barriga

Muitas pessoas falam e pensam que só de fazer exercícios abdominais, a barriga seca e fica sem gordura. Porém a única coisa que podemos afirmar, é que os abdominais apenas fortalecerão os músculos.

Para eliminar a gordura, a alimentação adequada e execução de exercícios cardiovasculares são essenciais.

Se exercitar em jejum emagrece

Para emagrecermos enquanto praticamos exercícios, precisamos estar com energia e com o corpo fortalecido, pois a queima calórica acontece quando gastamos mais calorias do que ingerimos.

Em jejum, o nosso corpo está mais fraco, ou seja, o rendimento fica limitado, desacelerando esse gasto calórico.

Transpirar é sinal que estou perdendo calorias

A relação da quantidade de suor com a queima de calorias não existe. O que está ligado é apenas, o quanto mais em forma estivermos, mais suaremos.

Isso porquê a temperatura do nosso corpo é regulada pela transpiração, ou seja ele o mantém em equilíbrio. O nosso corpo esquenta e o suor esfria, portanto quanto mais movimento mais suor.

Logo, é inútil, usar roupas pesadas durante o treino para transpirar mais e queimar mais gorduras. Além disso não acontecer, pode haver uma desidratação no corpo.

O horário dos treinos interfere nos resultados

Como o ritmo biológico de cada pessoa é diferente, é claramente mito que um horário determinado influenciará nos resultados. Para saber qual é a melhor hora do dia para o seu bom desempenho, você precisa entender e analisar o seu relógio biológico.

Vamos ficar mais de olho nessas “dicas” que recebemos?

Beijos!

 

 

 

 

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *